Bem Vindo, visitante! [ Cadastre-se | EntrarRSS Feed  | 

Facebook

Anunciar Empresa
200 famílias recebem a chave da casa própria em Capão

200 famílias recebem a chave da casa própria em Capão

  Solenidade marcou uma das últimas etapas antes da entrega oficial do Residencial Caminito Na tarde da última sexta-feira (11), Capão da
Homenagem da Câmara de vereadores de Balneário Pinhal, ao Dia das Mães.
Homenagem ao Dia das Mães, do presidente da Câmara de vereadores de Balneario Pinhal, vereador Leandro Lauer.
Angélica, Feliz Dia das Mães.

Angélica, Feliz Dia das Mães.

 Muito obrigado por tudo! Te admiro, te respeito, e acima de tudo, te amo muito! Feliz Dia das Mães! Ass. Anderson.
Nataelle, Feliz Dia das Mães.

Nataelle, Feliz Dia das Mães.

Parabéns meu amor! Me sinto privilegiado por fazer parte desta linda historia. Te amo!! Feliz Dia das Mães. Ass. Anderson.
Primeira vez que um município divulga Pesquisa Popular na Tribuna

Primeira vez que um município divulga Pesquisa Popular na Tribuna

                        O Vereador Leandro Lauer, presidente da Câmara Municipal de Pinhal explica que desde o início do ano passado, durante esta
Assembleia Microrregional da Consulta Popular 2018

Assembleia Microrregional da Consulta Popular 2018

            Na manhã de quarta-feira (18/04/2018) às 10hs na Câmara de Vereadores de Cidreira ocorreu a Assembleia Microrregional da Consulta Popular
EXTRATO DE HOMOLOGAÇÃO – Processo Licitatório n.º 04/2018

EXTRATO DE HOMOLOGAÇÃO – Processo Licitatório n.º 04/2018

                          O Presidente da Câmara de Vereadores de Balneário Pinhal, no uso das suas atribuições, torna público a homologação do Processo

De volta aos Jogos, Jade se emociona com classificação da equipe do Brasil


brasil_5
Esta postagem foi publicada em 18 de abril de 2016 Esportes, Esportes Total, Slide Esportes.

Após ficar fora das Olimpíadas de 2012, ginasta não segura choro após vaga para o Rio 2016 e ressalta esforço em treinos: “Nossa família sabe o quanto que foi duro”

Segurar lágrimas nunca foi uma característica forte de Jade Barbosa. Desde menina, quando surgiu para a ginástica artística, sempre teve dificuldade para esconder ou conter suas emoções dentro das competições. Por ser uma das mais experientes da equipe brasileira no evento-teste, teve que, de certa forma, controlar os nervos durante a passagem pelos quatro aparelhos e, principalmente, passar confiança para as companheiras mais novas. Após o fim da apresentação e a certeza de que a vaga para os Jogos Olímpicos do Rio estava assegurada, não pôde conter mais. Abraçou as amigas e falou ao telefone com seu pai. Aquela Jade conhecida pelos sentimentos à flor da pele se permitiu novamente se emocionar.

– Quando meu pai falou que ia assistir, pedi para não aparecer, não levantar. Só no final vou falar com você (risos). Não vi meu pai nenhum momento. Se não, a gente acha que é uma competição brasileira. Queria realmente que fosse nossa preparação. Falei com ele depois. Nossa família sabe o quanto que foi duro para a gente, sem natal, nem ano novo. Tudo para estar aqui hoje – disse a ginasta, que volta à Arena Olímpica nesta segunda-feira, para a final da trave. O GloboEsporte.com acompanha as finais por aparelhos do evento-teste em tempo real a partir da 13h.

Depois de bater na trave no Mundial do ano passado, a equipe brasileira de ginástica feminina tinha no evento-teste da Arena Olímpica da Barra sua última chance de classificar para os Jogos Olímpicos do Rio 2016. Em uma apresentação com poucas quedas e marcada pelo apoio intenso da torcida presente, as meninas somaram 226,477 pontos e garantiram o 1º lugar na disputa. Ao todo quatro das oito equipes femininas carimbaram presença neste domingo.

Ao lado de Daniele Hypolito, Jade fez questão de conversar e acalmar as companheiras ao longo da competição. Sabe que meninas como Rebeca Andrade e Flavia Saraiva, que ainda tem 16 anos, estão pegando experiência quando o assunto é competição importante e, principalmente, decisiva. Confessou que ela mesma sentiu a tensão antes de subir no tablado e, após a missão cumprida, enalteceu também o apoio da torcida.

– Ontem foi difícil dormir. Mas deu tudo certo. Não tinha como ter sido melhor. Fiquei de cara com a reação do público. Eles respeitaram muito o momento da gente. Parece que estavam sentindo a ginástica. Isso é muito importante para a gente.

Ginástica artística- evento teste- seleção faz grande apresentação (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)Dani, Flávia, Rebeca, Jade, Carol e Lorrane classificaram o Brasil para os Jogos (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)

A classificação olímpica tem um sabor especial. A atleta, que disputou os Jogos de Pequim 2008, ficou fora de Londres 2012 pouco antes da disputa. Um problema envolvendo patrocinadores a tirou da competição. Não por acaso, decidiu usar no evento um colar novo, que ganhou de uma amiga, que trazia os anéis olímpicos para perto.

– Sempre foi meu sonho ter um colar das Olimpíadas. Ganhei uma semana antes do evento-teste. Até usei antes, mas até falei que agora tenho certeza que posso usar – disse, após a competição

Do ponto de vista individual, acredita que, com a vaga da equipe assegurada, poderá trabalhar melhor e mais intensamente o que considera ser suas especialidades. Pretende trabalhar seu segundo salto, aparelho em que foi medalhista de bronze no Mundial de 2010 e deseja alcançar uma final no Rio.

– Agora vou começar a treinar meu segundo salto. Porque eu não vinha treinando justamente para fazer um. Porque, imagina, existe a ordem do salto. Em salto demora um tempo. Se cada uma for fazer dois, demora muito tempo, e a outra que for fazer já desaquece. É um aparelho que tem que fazer uma boa chegada – disse Jade, lembrando que para brigar por final individual no aparelho, precisa fazer dois saltos.

Jade Barbosa após a apresentação da equipe no evento-teste (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)Jade Barbosa, após a classificação da equipe no evento-teste (Foto: Ricardo Bufolin/CBG)

446 Visualizações

Notícias em Destaque